Notícias
Entrevista
Editorial
Video
Seniors Brasil
Home » Editorial

Djokovic mostrou mais vontade

Enviado por - 30 de janeiro de 2011 – 21:19Nenhum Comentário

Foto: AP

Melbourne/Austrália – Do que é feito um campeão? Muitos são os atributos de um vencedor, mas vontade e coragem são fundamentais. O sérvio Novak Djokovic venceu neste domingo o apático britânico Andy Murray e pela segunda vez em sua carreira conquistou o título do Aberto da Austrália.

Murray é um dos tenistas mais completos do circuito. Faz tudo com naturalidade, mas nos momentos decisivos lhe falta a vontade, porque não dizer também a coragem dos grandes campeões.

O britânico chegou pela terceira vez a uma decisão de Grand Slam. Nas duas primeiras sucumbiu diante de Roger Federer e neste domingo foi presa fácil diante de Djokovic.

Pior para Murray é que seus adversários já contam com esta possibilidade. Com a quadra lotada e o clima de decisão no ar, em alguns momentos a partida não lembrava a decisão de um evento de Grand Slam. O sérvio fez o seu papel, lutou correu muito, jogou a bola pra cima quando se fez necessário, já Murray parecia apático, como se estivesse atuando em tabuleiro de xadrez, ele só se preocupava em defender, no segundo set, ele só começou a jogar quando o adversário tinha 5/0.

No terceiro esboçou uma tímida reação, mas bastou ter o seu serviço quebrado para entrar em parafuso. No último ponto do jogo, ele não demonstrou nenhuma reação a derrota. Pena, pois se trata de um excelente tenista que ainda não aprendeu a jogar uma decisão de um evento importante como um Grand Slam.

Um campeão se conhece pela atitude, chegar a uma decisão é um grande mérito, sair da decisão com o respeito do adversário é uma virtude. Hoje Murray não conseguiu isto.

Luiz Fernandes 

Deixe um comentário!

  • RSS
  • Facebook
  • Twitter