Notícias
Entrevista
Editorial
Video
Seniors Brasil
Home » Notícias

Tênis perde o arbitro Roberto Almeida

Enviado por - 21 de abril de 2012 – 15:327 Comentários

Foto: Divulgação

São Paulo/SP – O árbitro Roberto Almeida, 47 anos, faleceu na manhã deste sábado na cidade de São Paulo.

Beto Almeida dedicou grande parte de sua vida ao tênis. Seja como arbitro de cadeira, onde atuou por diversos eventos mundo afora (US Open, Wimbledon, Australian Open, Jogos Olímpicos (Atlanta 1996 e Sydney 2000), Copa Davis e diversos eventos no Brasil, além de ministrar cursos de árbitros. Muitos da atual geração tiveram a orientação do professor Beto Almeida.

Em 2011, Beto solicitou afastamento do quadro de árbitros para se dedicar a um circuito no nordeste (Circuito Profissional de Verão) que englobava cinco eventos Futures consecutivos, além de um evento Challenger na Praia de Boa Viagem.

Ele lutava bravamente contra um câncer no esôfago. Beto jamais se entregou, mesmo debilitado, ele continuou estudando e abrindo campos em sua profissão.

Tive o prazer de acompanhá-lo em alguns projetos, sua garra e determinação eram contagiantes.  Muitas vezes na madrugada trocavamos muitas idéias sobre o tenis nacioanal.

Este ano, Beto solicitou retorno ao quadro de árbitros e trabalhou em alguns torneios. Esta semana atuava como Supervisor de um evento ITF feminino cujo qualifying começou hoje no Clube Athletico Paulistano.

A CBT – Confederação Brasileira de Tênis, divulgou agora pouco através de nota a imprensa o seguinte comunicado:

A CBT lamenta profundamente a perda e estende o pesar à família de Roberto Almeida. Perdemos um amigo, uma pessoa do tênis e um grande árbitro. Beto dedicou toda sua vida ao tênis, seja como árbitro, como professor nos cursos de arbitragem e como organizador. Atuou nos maiores torneios do mundo, sempre transmitindo alegria a todos. Depois de diagnosticada a doença, Beto lutou até o ultimo momento mantendo sempre o otimismo. Essa é a imagem que todos devemos guardar dele, uma pessoa alegre e que amava o que fazia.

Roberto Almeida deixa a esposa Mônica e duas filhas.

Luiz Fernandes

7 Comentários »

Deixe um comentário!

  • RSS
  • Facebook
  • Twitter